São as pequenas coisas que o fazem tropeçar

Há imensa química, física e matemática envolvidas no aperfeiçoamento da sua solução de tratamento de águas. Para garantir que trata e protege com êxito o seu sistema precisa de obter o equilíbrio certo, e isto baseia-se no equilíbrio de todas as equações adequadas – até mesmo das pequenas coisas em que não pensa muito. A ausência de algo como meia-vida do seu planeamento pode ter sérias implicações negativas para o tratamento de águas, especialmente quando se trata de cumprir regulamentos como os de controlo da Legionella.

Ao dosear biocidas no sistema de refrigeração de água é imperativo que a concentração esteja correta e que permaneça uma concentração contínua por um período adequado de tempo. Embora pareça simples, é fácil esquecer que qualquer água de purga, necessária para compensar a água que pode evaporar de um sistema, levará com ela parte do seu biocida.

Se adicionar 10 toneladas de água de compensação ao seu sistema e a cada hora 1 tonelada escoar como água de purga, isto irá determinar a meia-vida para o seu sistema. Vamos imaginar, por exemplo, que o produto químico que está a usar para cumprir o Código de prática L8 do HSE para controlo da Legionella precisa de manter uma concentração de 100 partes por milhão (ppm) durante três horas para ser bem-sucedido.

Se dosear 100ppm e for embora, a concentração vai diminuir gradualmente a partir do momento da dosagem e não permanecerá elevada o tempo suficiente, pois a água de purga levará uma parte com ela. Isto terá como resultado o incumprimento do regulamento, tornando-o negligente e fazendo com que seja responsabilizado por eventuais problemas.

É por isso que é muito importante estar ciente da meia-vida para que possa aumentar a dose do seu biocida em conformidade. Sabe quantas horas demoraria para reduzir uma dose de 100ppm para 50ppm no seu sistema de refrigeração de água?

Embora seja difícil ser 100% exato, pode calcular a sua meia-vida com esta equação simples:

formulahalflifewtPOR

Se sabe que o seu biocida demora três horas para se tornar eficaz, mas a meia-vida do seu sistema é de uma hora, terá que fazer alguns ajustes para manter a concentração adequada. Por exemplo, usando o exemplo acima do biocida para controlo de Legionella, para permanecer a um mínimo de 100ppm durante o tempo suficiente terá que dosear 800ppm.

Um pouco de matemática preditiva faz uma enorme diferença no sentido de proteger o seu sistema de águas e de o manter compatível com as normas. Não permita que uma pequena coisa como a meia-vida o deixe vulnerável a acusações de negligência – faça as contas primeiro!